22 de mar de 2013

COMO APAGAR OS PONTOS RISCADOS?




Nas giras chamadas de direita (caboclos, pretos velhos, baianos, marinheiros, etc) é comum a utilização da água de Iemanjá para apagar os pontos riscados pelas entidades.

A razão disto é que a água de Iemanjá (água do mar) possui em sua composição o sal, elemento natural que anula qualquer tipo de energia, tanto a positiva quanto a negativa. Sendo assim, através do sal a energia que vibra no ponto riscado é neutralizada, fechando o portal energético que foi aberto.

Não podemos desconsiderar o fator polaridade, onde a água de Iemanjá, mesmo atuando como neutralizante, possui em si a polaridade positiva equilibrando a energia ambiente.

Já os pontos riscados nos trabalhos de esquerda, ou giras de exús, são apagados com pinga por possuir o fator diluente na polaridade negativa (densidade). Por pertencer a esta polaridade encontra-se assim em sintonia com a polaridade manipulada através destes pontos, dissolvendo energias condensadas e diluindo a energia contida nestes pontos.

A pinga tem várias propriedades no trabalho astral:

 1 - se usada como remédio é um poderoso bactericida (garrafadas).


2 - se ingerida, serve para ajudar o duplo do médium deslocar facilitando a influência da entidade no seu mental e serve também para condensar o ectoplasma onde é usado literalmente para forjar armas.




3 - se deixada ao lado dentro de um copo, o formato redondo do copo (forma geométrica) abre um portal que age diluindo energias condensadas e negativadas

.
Abraços e Luz,
Mãe Solange de Iemanjá
22.03.13

Nenhum comentário:

Postar um comentário