11 de set de 2012

O Mestre e o Aluno - Você e seu auto conhecimento - Aprendizado




Inicio a conversa com a mesma frase de outrora : Ninguém chega ao Pai (Eu Divino, evolução), sem passar por mim (Eu anterior – auto conhecimento).
Já foi percebida a quantidade de situações e provas no caminho, a fazer com que se conheça melhor, que olhe ao seu próprio umbigo no intuito do aprendizado e melhora de atitudes e maneira de lidar com as próprias emoções, e com as adversidades do convívio em grupo.
As situações onde se coloca em prova o orgulho, a vaidade e o ego, têm sido a cada dia mais presentes, e como era de se esperar de qualquer lição, as provas vão se dificultando.
No entanto, há situações que dificultam a própria prova, insistem em não compreender e enxergar a situação como ela realmente é, fazendo com que a prova se torne muito mais difícil do que realmente é, atribuindo ao Astral ou Cosmo tal dificuldade, quando em verdade são vocês mesmos que a dificultaram.
Prestem atenção!
O Mestre só chega quando o aluno está pronto. As provas são de acordo com a capacidade de aprendizado e o momento de preparo de cada aluno.
Isso não pode ser confundido com as situações onde vocês por falta de compreensão e insistência em se manter na zona de conforto, se recusam a enfrentar as situações de olhar ao próprio umbigo, dificultando sobremaneira o aprendizado e consequentemente aumentando as dores, gerando ainda mais ansiedade.
Já é sabido que tudo é energia.
Assim, da mesma maneira que optam pelo tipo e qualidades de alimento que consomem, também optam por qual energia ou grau energético que se ligarão.
Com o trabalho e desenvolvimento mediúnico, é colocado a disposição, uma gama maior de energias e situações onde podem optar a qual se ligar.
Com o compromisso do sacerdócio, é obrigatoriamente colocado a disposição uma gama ainda maior de ligação, pela necessidade de aprendizado e de condutas que o compromisso indubitavelmente exige.
Cada escolha gera uma consequência.
Ligando-se a energia de comprometimento de melhora e autoconhecimento, passarão por situações onde serão provados e como todo e qualquer curso, a vida ensina na pratica.
O aprendizado é algo que se conquista e nada nem ninguém tira de vocês.
Isso acarreta mais responsabilidade.
Dessa forma, estarão cada vez mais ligados e passando por cada prova percebendo que a vida flui, os pensamentos fluem, o sucesso e a sensação de “estou no caminho certo” também. E ligados, se sentem fortes, capazes e protegidos, continuamente.
A sensação de força, êxito e sucesso é algo impressionante e esplendoroso.
E isso também acarreta responsabilidade – a de assimilar as lições de tal modo, a não insistir em erros antigos, e se precaver de si próprio, mudar hábitos arraigados, hábitos esses que são tão latentes, que o trazem de volta a zona de conforto, a ficar onde está, a não ter mais trabalho, a reclamar demais.
Tais hábitos e vícios são latentes, e há que se ter força e persistência para vencer a si próprio.
A cada prova aprendida, a cada prova assimilada, estão cada vez mais ligados ao fluxo energético do aprendizado continuo, do autoconhecimento, que os faz manter um padrão vibratório elevado, o que faz com que tenham mais imunidade a ataques e situações de emboscada para o fracasso, e ciladas de retorno ao poço de vaidade, orgulho exaltado e ego ferido.
No entanto, situações que outrora eram inocentes, e nada causavam na autoconfiança de vocês, e que não influenciavam no caminho, hoje são diferentes, a consequência de persistências em erros antigos, hoje são maiores.
Para melhor ilustrar, é como se a cada prova aprendida, tivessem que subir um degrau.
Quando a prova vai ficando difícil, se não tiverem força de segurar o lado negro e mimado de vocês, a vontade de voltar pra zona de conforto, os derrubam, e como subiram degraus, a queda pode ser mais dolorosa.
As mesmas “brechas” de ontem, hoje têm consequências mais dolorosas.
Já perceberam que uma vez ligados ao fluxo energético do comprometimento e do aprendizado, se afastam e se desligam por provas que vocês mesmos se colocam, ante a extrema necessidade e facilidade de voltar a zona de conforto e de se ligar ao que os paralisam, dispensando qualquer forma de esforço na melhora individual. Isso os afasta dessa ligação com essa energia em curso, superior e elevada, do aprendizado e evolução.
Há situações que serão provados sim, a cada dia mais. Mas há outras que vocês mesmos, pela absoluta necessidade e pelo fato de estarem arraigados a velhos hábitos, querem voltar ao estado anterior de conforto, e se recusam a mudar velhos padrões. E a isso, dão o nome de provas, situações, demandas, onde na verdade nada mais é do que a situação de esperneio, e comodismo em não querer mudar.
Isso faz com que se liguem a outro tipo de energia, se afastem do caminho que se comprometeram.
E a volta, é mais dolorosa, vocês se sentem fracassados, e isso gera decepção, onde vocês mergulham num ciclo vicioso que só os afasta do caminho, além de baixar suas guardas e proteção.
O erro de ontem, tem consequências maiores hoje.
Ninguém exige santidade, nem perfeição, mas sim atitudes de acordo com o que já assimilaram e conquistaram.
Antes, era mais fácil voltar a essa ligação. É como se estivessem num degrau mais baixo, sendo mais rápida a subida no local que estavam.
Mas, hoje, por estar no degrau do conhecimento mais alto, uma queda, alem de dolorosa, acaba gerando dificuldade em subir mais degraus, demora mais.
O exemplo de degrau e queda é meramente ilustrativo, sendo certo que tudo é relativo: o que vocês veêm como 10 degraus, cá pode equivaler a meio degrau, e para Gaia milímetros.
Mas cada milímetro percorrido, deve ser valorizado.
Então, há sim a obrigação e necessidade de orai e vigia constante.
Namastê!

 
Mensagem recebida pela mãe pequena Aline Bizotto
(Intuição do Caboclo 7 ondas e do mestre Zarthu)
11 de agosto de 2012 – desde às 06:15

2 comentários:

  1. Mãe Solange de Iemanjá11 de set de 2012 08:31:00

    Devido nossa correria relacionada a procura de um novo espaço e nossa mudança, infelizmente fiquei em débito com o site e com as pessoas que nos seguem, porém, nunca é tarde para continuar. Hoje postei essa mensagem edificante e de grande valor. Notamos a cada dia mais e mais a insistência do astral em nos colocar na posição do auto conhecimento e na melhora íntima.
    Eu, só posso agradecer a oportunidade do contato com entidades tão especiais que nos direcionam sempre à evolução.

    Abraços e Luz,
    Mãe Solange de Iemanjá

    ResponderExcluir
  2. Ainda conversamos um pouco no dia da limpeza sobre este assunto. Muito bom ter vocês e os guias por perto para nos ajudar cada dia mais em nossa evolução disse para o Rodrigo hoje temos obrigação de nos vigiar e orar acredito que sempre. Quando queremos trilhar cada vez mais o caminho certo, quando começamos a orar direto a seguir a direção reta sem desvio, vem sim muitas coisas para provação, por isso temos que nos vigiar e não olhar para nosso próprio umbigo...e continuar orando sempre. beijos obrigada por compartilhar esta matéria. Cristina

    ResponderExcluir