12 de set de 2012

Lúcifer - Portador de Luz




Quando iniciamos uma análise da criação Divina, precisamos partir do princípio de que Deus é Onipotente, Onisciente e Onipresente, ou seja, Ele tudo pode, tudo compreende e está em tudo.

Sendo Deus o Ser Supremo e Criador, precisamos compreender que tudo o que existe vem de Sua Vontade e Criação, e Lúcifer está dentro desta inteligência Suprema.

Nós, os espiritualistas, já compreendemos que as encarnações são experiências humanas que nossos espíritos experimentam como forma de aprendizado, crescimento e evolução, através de inúmeras situações vividas. Lúcifer está diretamente ligado à esse "plano" evolutivo criado por Deus.

Muito ao contrário do que se imagina; que ele é o Tinhoso, o Capeta, o Coisa Ruim, o Satã. Lúcifer é o agente de Deus que nos ajuda a encontrar a Luz (a evolução). Esse conceito de que ele é a representação do mal e dono de tudo que é ruim, veio com o tempo através de distorções de seu papel no plano de evolução do Criador, tanto é, que na Cabala onde se estuda o princípio de tudo, seu papel é perfeitamente compreendido.

No grau evolutivo em que nós, os espíritos ligados a Crosta terrestre, nos encontramos, há muita resistência, teimosia, indisciplina e todas as formas de contrariedades às forças e as leis Divinas de evolução e é ai que as forças de Lúcifer entra em ação. Somos constantemente amparados pela força Divina que nos impulsionará à evolução.

Lúcifer é um anjo, portanto possui uma alta envergadura espiritual, de inteligência extrema e perfeita. Sua missão diante dos filhos de Deus é de suma importância e é necessária uma precisão impar, porque cada situação tem que ser aplicada exatamente na dose correta, para levar o espírito ao crescimento. Essa lição não poderá ser nem um pouquinho a mais e nem a menos, é preciso que seja exatamente na dose que o espírito necessita para chegar a compreensão.

Seu trabalho é muito incompreendido devido as forças que ele manipula para que essa compreensão se dê. Para facilitar o que digo, vou passar para algumas situações onde usarei analogias.

Todos nós gostamos de comer um bom churrasco mas, quem de nós gostaria de matar e destrinchar o boi? Porém, para que possamos comer nosso churrasco é preciso que exista quem o faça, para que possamos ir ao açougue e comprar apenas a carne, já cortada e nas bandejinhas. Lúcifer e seus comandados são os que fazem esse tipo de serviço, necessário para o bem estar de todos.

Outro exemplo disso: Um espírito completamente displicente que não se importa em momento algum em se cuidar, que vive uma vida dependente de sua vaidade, passando por cima da vontade e da necessidade de seu próprio espírito, apenas para ser o "bonzinho" para os outros; quando atinge um grau que o levará a queda evolutiva, Lúcifer atuará e colocará em seu caminho uma pessoa (que por nós, será considerada ruim) que irá assassinar essa pessoa displicente de si mesmo. Ao despertar no mundo astral, após o trauma do assassinato pelo qual passou, ela passará a se cuidar, a tomar cuidado com ela mesma. Foi com certeza uma dura lição, porém necessária para que houvesse esse despertar. O que esquecemos com freqüência é que a vida física são breves momentos diante da vida espiritual. Então, encaramos, essas situações como grandes catástrofes na vida de uma pessoa, uma família ou um povo.

Quantas vezes, nós pais, colocamos nossos filhos de castigo para o seu melhor no futuro próximo? Para a criança, podemos parecer brutos, incompreensíveis, ruins, e etc. Mas, devido nossa maturidade, compreensão de vida e amor que temos por eles, persistimos no castigo, por saber que essa decisão só trará bons resultados para eles.

Lúcifer é assim, aos olhos da criança (nós, espíritos em evolução e imperfeitos) ele é ruim, ele é o algoz mas, aos olhos dos pais (espíritos evoluídos, mentores e Deus) ele é o pai cuidadoso que zela pelo crescimento e evolução do filho.

Saibam que nenhum espírito de Luz, mentor, guia espiritual, ou qualquer comandante de trabalho espiritual, age sem antes consultar os comandados de Lúcifer, porque todos reconhecem seu trabalho e seu valor.

Lúcifer é a sombra que anda pelos caminhos mais obscuros das imperfeições humanas para trazer a luz, a evolução. Ele praticamente não se mostra e seus comandados são conhecidos como os Guardiões. Os trabalhadores da Luz, dizem que ele é uma sombra que anda com uma lamparina na mão e quando é chegado o momento de tirar um espírito de sua prova, ele ilumina esse espírito, o abençoando com a sua Luz e só então, os guias e os mentores se aproximam para direcionar esse espírito, porque neste momento, com certeza, ele estará pronto para compreender um pouco a mais da Vontade Divina.

Um filho quando se coloca em frente de um guia nos terreiros, chorando e lamentando por sua vida, só será ajudado se houver a aprovação dos Guardiões, se essa aprovação não vier, nenhum guia fará absolutamente nada para tirar tal pessoa da situação em que se encontra, eles apenas tentarão através de conselhos e ensinamentos, trazer tal pessoa mais rapidamente para a compreensão necessária da prova pela qual estão passando.

Manter a mente aberta para derrubar conceitos e pré conceitos distorcidos é um caminho sólido rumo à evolução.

Deus é perfeito e é o Criador, sendo assim, não há como existir essa aberração que foi criada pela imaginação de espíritos sem evolução e limitados em sua compreensão. Lúcifer é o anjo que trás a Luz!

Abraços e Luz,
Mãe Solange de Iemanjá

 

2 comentários:

  1. Nossa, mainha nunca li ou ouvi uma explicação tão completa sobre este assunto.

    Ótimo texto e muito esclarecedor.

    Rose

    ResponderExcluir
  2. Muito bem explicado, se não fosse por ele muitos jamais iriam rumo a evolução, perfeito como tudo que Deus faz, Amo muito tudo isso.

    ResponderExcluir