4 de out de 2011





Será que o mundo vai acabar mesmo em 2012?

            Há tempos que no kardecismo vem sendo divulgada a transformação do planeta Terra, de planeta de expiação para um planeta de regeneração, subindo assim um degrau em sua evolução. Contudo, no meio Umbandista, são raros os terreiros que abrange tal tema.
            Em aula, o Caboclo Cobra Coral, vem trazendo uma ótica  Umbandista desse fato, e diz:-
             O planeta Terra realmente está enfrentando uma fase de transformação, e essa transformação se dá justamente para a evolução do planeta. Para que tal transformação ocorra é preciso separar o joio do trigo e para isso é necessário a interferência das forças naturais e é neste ponto onde os Orixás atuam diretamente, com o auxílio dos guias trabalhadores em suas falanges.
            Para que haja a seleção daqueles que permanecerão no planeta ou que serão expurgados, é necessário que todos os filhos que estão ligados à crosta terrestre, tenham a oportunidade de testar seu grau evolutivo e para isso a reencarnação é o único meio seguro de avaliação. Neste processo todas as almas terão sua oportunidade e isso inclui os que estão vinculados ao baixo astral e umbral. Por conta disso e de fatores magnéticos negativados do planeta, temos e teremos a sensação nítida que tudo está cada vez pior, mas será apenas por determinado tempo, com nuances de calmarias e agitações até se dar a transição.
            Como o tempo está cada vez mais escasso e o trabalho é de grande vulto, os desencarnes coletivos são incorporados no projeto de evolução, pelos Regentes Planetários, sendo que sua maioria se dá através de fenômenos naturais (terremotos, furacões, tsunamis, nevascas, etc). A manipulação energética e vibracional para que ocorram tais fenômenos é controlada diretamente pelos Orixás e seus comandados.
            Se repararmos, os maiores fenômenos naturais acontecem justamente nos países desenvolvidos e, portanto mais antigos. Pois seus povos já tiveram tempo e condições suficientes para evoluírem de acordo com o patamar exigido para a permanência no planeta e magneticamente aqueles que não atingiram tal patamar são atraídos para as regiões sul onde tais energias cataclísmicas atuam com maior eficácia.

*No paragrafo acima muitos poderão pensar: - Mas, isso ocorre devido a localidade em áreas de risco, como a divisão das placas tectônicas, áreas de vulcões ativos e situações similares. O que devo advertir, é que o planeta foi minunciosamente pensado e é justamente por essa razão que os povos, que hoje são antigos e evoluídos, tiveram seu inicio nessas regiões, pois chegaria o tempo do expurgo.

            A evolução do planeta se consolida através de fases e no momento estamos atravessando uma das fases de expurgo e reencarne. Desde o ano de 2010 iniciou uma dessas fases e ela findará no ano de 2012, onde milhares de espíritos já sofreram e vão sofrer o expurgo definitivo do planeta, principalmente através de desencarnes coletivos por fenômenos naturais. É nestas fases que grande número de sensitivos, esotéricos e afins, pressente a energia negativada do momento do planeta e é deste fato que os comentários do final do mundo surgem e borbulham indiscriminadamente. Após o ano de 2012, onde ainda haverá grande numero de desencarne coletivo, as energias acalmarão, pois será o momento de trazer para a vida física aqueles que têm o direito de sua última oportunidade para permanecer no planeta.
            Sendo assim, podemos observar que absolutamente tudo é planejado e orquestrado por regentes planetários responsáveis por nosso planeta e nossos guias atuam nestas fases com o árduo trabalho de preparar aqueles que se encontram no baixo astral e umbral para uma nova oportunidade de reencarne e no direcionamento daqueles que sucumbiram nos desencarnes coletivo. Que Pai Oxalá nos dê força e discernimento nestes momentos críticos, sofridos, porém necessários.
            Portanto, o mundo não acabará!



Abraços e Luz
Mãe Solange de Iemanjá
04.10.11

Nenhum comentário:

Postar um comentário