13 de out de 2011

A Energia e o Eu

            Após muitas explicações e aulas trazidas pelo Caboclo Cobra Coral e sua equipe de trabalho e também várias confirmações através de obras e textos de outros médiuns, conclui que não há como compreender a vida ou até mesmo Deus se não pensarmos pela lei da energia.

            Tudo e absolutamente tudo é energia, seja ela magnética, elétrica, atômica, astral e etc., algo que compreendi é que em todas as modalidades e formas energéticas para fazer funcionar ou ligar algo é necessário obter as duas polaridades, negativa e positiva ou então se posicionar em uma delas para se transformar em uma extensão dela mesma.

            Não há como melhorar sua vida, seja em qualquer setor, se a pessoa maldisser ou lamentar o infortúnio vivido. A pessoa que se encontra adoentada jamais ficará sã se passar os seus dias se lamentando pela doença ou então se valendo dela para conseguir benefícios de outras pessoas, pois assim ela estará se transformando em uma extensão da própria doença.

Nos dias de hoje o stress e a depressão são comuns em nosso meio, porém grande parte das pessoas que sofrem desse mal, na verdade são pessoas extremamente egoístas, orgulhosas, vaidosas e controladoras.

            O egoísmo é tão exacerbado que inibi sua razão, fazendo com que ela se mantenha na condição de doente para alcançar seus objetivos como: atenção, elogios e que seus desejos sejam satisfeitos. Percebam que as pessoas que assim se colocam, estressadas ou deprimidas, conseguem manipular todos a sua volta.

Exemplo da pessoa estressada:- Não conte isso ou aquilo para tal pessoa porque ela é nervosa e se souber ficará irritada. Faça isso desta maneira porque senão a pessoa estressada ficará brava. Vamos para tal lugar porque a pessoa estressada gosta, assim teremos um passeio gostoso, já que lá ela se sentirá bem. Ou seja, o stress e a ira causada por essa condição, na verdade faz com todos seus desejos se satisfaçam e realizem além de poupá-la de muitos aborrecimentos.

Exemplo da pessoa deprimida:- Não fica assim, você é tão legal, tem uma família linda, todos nós te amamos. Diga pra mim, o que eu posso fazer pra te fazer feliz? Porque eu te amo e não quero te ver assim. Pense no lado bom, você é inteligente, tem uma vida boa, todos te amam. Você é uma ótima mãe ou um ótimo pai, sua família precisa de você. Ou seja, da mesma forma ela é poupada de aborrecimentos, tem seus desejos realizados tudo com o pretexto de não piorar o estado emocional desta pessoa. E neste caso, existem ainda aqueles onde as pessoas que os rodeiam já se cansaram de tanta tristeza e insatisfações enxabidas e passam a dar “broncas”, dizendo: Pare com isso, você não tem do que reclamar, sua vida é boa, tem uma família perfeita, todos te adoram e sofrem por te ver assim, etc e etc, como puderam ver, mesmo embaixo de broncas, elas acabam tendo as atenções voltadas para ela e continuam ouvindo toda sorte de elogios que satisfazem a vaidade e o ego.

Na verdade, essa condição, é uma faixa energética que vampiriza todos a sua volta e essa faixa é sustentada pela satisfação em drenar as forças energéticas emocionais de seus familiares e amigos, o que é um comportamento normal dessas pessoas que não se importam com nada e nem com ninguém. Mesmo quando se dizem sofredoras e cansadas dessa condição isso nada mais é do que mais uma forma de continuarem mantendo o ciclo de controle e manipulação de seus familiares e amigos que se curvam aos seus caprichos por se apiedarem de suas dores.

Deus, em seu projeto Divino, fez com que tudo a nossa volta existisse com o objetivo único e exclusivo de nos ajudar a conquistar nossa evolução, ou seja, o Cosmo conspira ininterruptamente para que isso aconteça, só há um obstáculo nessa trajetória, que é o livre arbítrio de cada um.

Quando nos deparamos com situações parecidas, devemos saber que a escolha de faixa vibratória dessas pessoas é negativa, portanto não podemos potencializar essa escolha satisfazendo seus desejos e seus caprichos. A primeira providência a tomar é compreendermos realmente que ela, assim como todos os filhos de Deus, possui força e capacidade como qualquer outro e se não alcança é por escolha própria e não por incapacidade. A segunda providência é compreender que a dor e o sofrimento são lapidadores de uma moral e personalidade falha e egocêntrica, sendo assim, não há razão para piedade e nem motivos para compartilhar dela. A única maneira de ajudar nesses casos é ter coragem suficiente de esclarecer que você não fará parte desse jogo de interesses vaidosos e orgulhos e que assim que ela se colocar de forma a demonstrar seu verdadeiro eu, que é forte e inteligente, que você estará ao seu lado.

Os caminhos podem ser tortuosos, porém vibram exatamente da forma necessária para que o ser evolua, trazendo situações e condições de aprendizado. Sendo assim, não há o certo e o errado, nem o bom e o ruim e sim a condição necessária para cada um em seu estágio de evolutivo.

Na Lei da vida, existem caminhos a ser cumpridos e nossas dores serão amenizadas diante de nossa ligação real energética com o fluxo da natureza, que nada mais é que a Lei de Deus.

Abraços e Luz,

Mãe Solange de Iemanjá

2 comentários:

  1. Mãe Pequena Aline Bizotto15 de out de 2011 22:49:00

    Até para ajudarmos o outro, devemos ser conscientes e inteligentes...o texto é interessante, gostei muito!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito desta publicação. Muitas verdades

    ResponderExcluir