4 de mar de 2011

QUAL A DIFERENÇA ENTRE TENDA E TERREIRO?



A partir de 1904, começaram a surgir no Rio de Janeiro várias casas de Umbanda denominadas de “tendas”. O termo Tenda era utilizado para designar e distinguir a forma de culto adotado. TENDA era a casa de Umbanda estabelecida em um sobrado, ou seja, no alto, pois era comum naquela época realizar sessões nestes lugares. Como exemplo, Tenda do Caboclo-Mirim, Tenda do Caboclo da Lua, Tenda de Ogun Megê e assim sucessivamente. Já o termo TERREIRO foi adotado para designar aquelas casas que eram estabelecidas no chão. Daí serem classificadas de “Terreiro de Umbanda”. O terreiro foi muito mais difundido do que as tendas devido ao próprio espaço oferecido para o culto e foi com esse tipo de associação religiosa que a Umbanda conquistou sua posição no país.

O QUE SIGNIFICAM AS PALAVRAS SARAVÁ, AGÔ E MALEME?

Saravá é uma saudação dos Umbandistas que significa “salve”, de saudar mesmo. Saravá é um mantra que  dividido apresenta:
SA = FORÇA, SENHOR
RA = REINAR, MOVIMENTO
VA = NATUREZA, ENERGIA
Sendo assim, Saravá é força que movimenta a natureza
AGÔ significa Licença e MALEME é um pedido de socorro, perdão e misericórdia.

O QUE SÃO AS DIFERENTES FORMAS DE BATER COM AS PONTAS DOS DEDOS NO CHÃO?

Bater no chão com os dedos da mão esquerda e depois juntar as mãos cruzando os dedos, com as palmas voltadas para o solo, é saudação aos Senhores Exus; Da mão direita fazendo uma cruz e depois fazendo a cruz no peito é saudação aos Pretos Velhos; Da mão direita e depois tocando a fronte, o lado direito da cabeça e a nuca é saudação aos Orixás e Guias Espirituais; Da mão direita 3 vezes e depois tocando a fronte, o lado direito da cabeça e a nuca é saudação a Obaluayê.
 
DEVEMOS UTILIZAR FÓSFORO OU ISQUEIRO?

Em muitos Terreiros existe uma recomendação para só se acenderem velas com palitos de fósforos, evitando acendê-las com isqueiro ou em outra vela acesa. Isso acontece principalmente em terreiros que fazem uso de pólvora, chamada de fundanga em trabalhos de descarrego. A  pólvora contém enxofre que também está presente nos palitos de fósforo,  ao entrar em combustão, a chama que se faz repentinamente, provoca uma reação psicológica muito eficiente. Além de alterar momentaneamente a atmosfera ao seu redor, devido a sua composição química em contato com o ar, a mente do médium capta essas vibrações, que funcionam como um comando mental, autorizando-a a aumentar seu próprio campo vibratório promovendo, desta forma, uma limpeza psíquica no ambiente. Portanto, nesse caso do uso do fósforo, a ação da pólvora é ativada pela mente do médium, sendo assim, não é só a pólvora que faz a limpeza mas também a mente do médium se ele conseguir ativá-la para esse fim.

O QUE É A POSIÇÃO DE CORRENTE VIBRATÓRIA?

Esta posição é altamente eficaz para precipitar fluídos mediúnicos no Corpo Astral, ao mesmo tempo em que vitaliza suprindo as deficiências momentâneas de um e de outro membro da egrégora, além de servir de descarga. Consiste em todos os médiuns darem as mãos formando um círculo ou semicírculo, sendo que a mão direita fica espalmada para cima e a mão esquerda fica espalmada para baixo, isto é: a mão direita irradiando para alto, doando e irradiando energias benéficas e positivas  e a esquerda irradiando para a terra descarregando a si próprio e o companheiro ao lado. Esta é uma posição ativa, energética, participativa e gera uma precipitação de fluídos para que se constitua o ambiente propício ao objetivo da caridade corrigindo qualquer deficiência, quer mediúnica quer orgânica. É de grande eficiência e utilidade nas sessões de atendimento e nas de desenvolvimento. Convém lembrar que essa posição, por muitos chamada de Corrente Vibratória, sempre foi usada pelos séculos afora nas diversas escolas e rituais.

Abraços e Luz,
Mãe Solange de Iemanjá

Nenhum comentário:

Postar um comentário