26 de fev de 2011

TOMATE


Nome científico: Lycopersicon esculentum Mill. 

Família: Solanaceae. 

Constituintes químicos: acido abscísico, ácido acético, ácido arábico, ácido ascórbico, ácido caféico, ácido cítrico, alanina, campesterol, chlorina, citral, damascenona, eugenol, farnesal, glicoalcalóide tóxico em frutos verdes (solanina), iodina, kaempferol, licopeno, licopersiconolídeo, linalol, lupeol, pectina, pró-vitamina A, quercetina, quercitrina, rutina, tomatina, vanilina, vitaminas C, A, K e do complexo B, potássio, cálcio, fósforo, ferro, sódio, cloro. 

Propriedades medicinais: adstringente, anti-séptica, bactericida, cicatrizante, desintoxicante, emoliente, refrescante, regeneradora celular. 

Indicações: evitar queda de cabelos e caspa, calos, verrugas, pele oleosa, acne, fechar os poros dilatados das peles oleosas, hidratante para os seios, artrite, amigdalite, inflamações na garganta, cálculo renal, disfunção e insuficiência do fígado, inflamação da bexiga. 

Parte utilizada: frutos. 

Contra-indicações/cuidados: o fruto verde é contra-indicado para quem teve ou têm predisposição a câncer, artrite, reumatismo, gota ou cálculo. 

Efeitos colaterais: não encontrados na literatura consultada. 

Modo de usar: consumido 'in natura', verde ou maduro, em saladas, lanches e sucos, ou ainda refogados ou fritos. 
- suco puro de tomates no couro cabeludo: evitar queda de cabelos e caspa. 
- rodelas do fruto aplicadas a noite: calos e verrugas.
- suco ou purê em máscaras faciais e compressas: peles oleosas, acne. 
- máscaras e compressas tomate/sálvia e em loções: tônicas para fechar poros dilatados de peles oleosas; 
- máscara: hidratante para os seios. 
- suco de tomate/salsa: artrite. 
- suco de tomate verde em gargarejos: amigdalite, inflamações na garganta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário