26 de fev de 2011

CAMPO FLUÍDICO E O MÉDIUM


Livro: Mediunidade & Autoconhecimento
Espírito Augusto & Clayton Levy

 
"Para que um Espírito possa comunicar-se
é necessário haver entre ele e o médium relações fluídicas
que nem sempre se estabelecem de maneira instantânea."
O Livro dos Médiuns, cap. 17 - 203

Quase tudo que se pode observar no mundo exterior nasce
de forças ocultas aos olhos humanos.
No subsolo terrestre, por exemplo, tanto pode surgir a água
que serve à vida quanto a lava que arrasa coletividades.

Do mesmo modo, a flor que balsamiza e o espinheiro que fere,
nascem de sementes que lhes servem de matrizes dentro da terra.
Valendo-se destas imagens, será possível constatar que, no
intercâmbio mediúnico, o campo fluídico, constituindo um dos
componentes necessários ao fenômeno, nasce, primeiro, no mundo
interior do próprio intermediário.

Mediunidade é sintonia.
Sintonia significa conjugação de ondas.
E as ondas brotam das profundezas do ser, onde se localiza o foco
de forças psíquicas, responsável pela atmosfera fluídica que
caracteriza cada um.

Como toda pessoa apresenta oscilações dentro do campo
de idéias em  que gravita, é compreensível que as relações
fluídicas, necessárias ao intercâmbio, não se estabeleçam
de forma instantânea logo nas primeiras tentativas e exercícios.
A qualidade, na comunicação mediúnica, requer tempo,
disciplina, estudo  e paciência.

Por essa razão, além do devido preparo no campo teórico,
caberá ao medianeiro analisar o seu mundo interior,
a fim de avaliar as condições fluídicas que oferece ao intercâmbio.
Que pensamentos cultivas?
Que emoções carregas?
Que ideais alimentas?
Tenta responder, para ti mesmo, a estas questões, porque todo médium
é responsável pela sintonia que estabelece, cabendo a cada um cultivar,
no solo da alma, as sementes da caridade e a água limpa do amor,
para que os resultados colhidos externamente não se limitem à
curiosidade inútil, mas conduzam a uma reflexão capaz de ensejar paz,
consolação e luz.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

Abraços e Luz
Mãe Solange de Iemanjá

Nenhum comentário:

Postar um comentário