26 de fev de 2011

ALHO



NOME POPULAR: ALHO
NOME CIENTÍFICO: ALLIUM SATIVUM
FAMÍLIA: LILIACEAE
PLANETA: DESCONHECIDO 
ORIGEM: ÁFRICA
 
MAGIA: A CASCA É QUEIMADA JUNTO COM DEFUMAÇÃO PARA AFASTAR ENERGIAS NEGATIVAS


Utlizado largamente para temperar todos os tipos de carnes e legumes. Auxilia contra a hipertensão, picadas de insetos, contra ácido úrico e é um excelente antinflamatório e antibiótico.
Preparo e dosagem
  • Maceração: esmagar um ou dois dentes de alho dentro de um copo com água. Tomar um copo três vezes ao dia (para gripe, resfriado, tosse e rouquidão).
  • Tintura: moer uma xíc. (cafezinho) de alho dentro de um recipiente contendo 5 xíc. de álcool 92º GL, deixar em maceração por 10 dias, coar. Tomar 10 gotas em meio copo de água três vezes ao dia, para problemas do aparelho respiratório (gripes, etc.). Para hipertensão utilizar uma colher de chá da tintura em meio copo de água três vezes ao dia ou comer dois dentes de alho pela manhã.
  • Vermífugo: comer três dentes de alho pela manhã em jejum durante sete dias.
  • Dores de ouvido: amassar um dente de alho em uma colher de sobremesa de azeite morno. Pingar três gotas no ouvido e tampar com algodão.
  • Arteriosclerose: comer na alimentação 3 dentes de alho cru picado, 3 vezes por semana, durante 3 meses.
Toxicologia: contra indicado para pessoas com problemas estomacais e de úlceras, inconveniente para recém-nascidos, mães em amamentação e ainda em pessoas com dermatites. Em doses muito elevada, pode provocar dor de cabeça, de estômago, dos rins e até tonturas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário